Fundamentos para investir em startups. O que é escalabilidade?

PUBLICADO 31 de agosto de 2020, ATUALIZADO 15:16.

Bom, como aprendemos no primeiro texto dessa série de fundamentos, parte importante do que define uma startup é o seu alto potencial de crescimento. Mas como podemos identificar isso em um negócio? Precisamos entender se o produto ou o serviço oferecido possui escalabilidade.

O jeito mais fácil de entender esse conceito é por meio de um exemplo. Peguemos um modelo de negócio bem tradicional e que você deve, com certeza, conhecer: consultoria. O que um consultor vende? Ele vende seu conhecimento, tenha sido ele formado através de estudos ou de experiência direta com um determinado assunto. De forma bem comum, o consultor vende seu serviço de forma personalizada ao estudar a situação de um cliente – isso faz parte de sua proposta de valor.

Porém, essa forma de entrega tem um grande problema. O consultor presta a quantidade de horas de trabalho que tem disponível. Ou seja, ele está sempre limitado a sua própria disponibilidade para realizar sua consultoria. 40 horas por semana de seu tempo entregam 40 horas por semana de consultoria para o cliente. Para fazer o negócio crescer, ou para ser mais produtivo, ele precisa aumentar suas horas diárias de dedicação ao trabalho.

O consultor pode também contratar outra pessoa, mas ele pouco ganhará de produtividade pois, embora possa atender mais clientes, deverá arcar com um novo gasto significativo – o salário do funcionário.

Agora, imaginemos que esse consultor decide entregar o seu conhecimento de uma forma diferente: ensinar o que sabe por meio de vídeo-aulas disponibilizadas em seu site mediante pagamento de uma mensalidade. Ele perde a proposta de valor de personalização, porque não mais leva um produto específico para cada cliente, mas ainda acredita que pode ajudar muitas pessoas a resolverem os seus problemas com orientações online.

Nesse modelo, há um esforço inicial de gravar e disponibilizar sua metodologia e seu conhecimento, mas uma vez acessível para um assinante (seu novo tipo de cliente), ele poderá entregar, por exemplo, 40 horas de conhecimento sem esforço. E o mesmo vídeo pode ser visto por dezenas ou centenas de pessoas a partir daquele mesmo esforço inicial. Assim, a cada novo cliente, não há um novo custo proporcional para atendê-lo. Aqui há um alto potencial de crescimento, aqui há escalabilidade.

Quando se analisa uma startup, é bem importante que você consiga desenvolver um modelo de negócios escalável, ou que pelo menos você enxergue um caminho exequível para tal.

Ter um alto potencial de crescimento representa que a startup terá capacidade de ganhar mercado de forma rápida, que múltiplos clientes poderão ser atendidos sem a necessidade de aumentar a estrutura ou o número de funcionários. Só assim um negócio em estágio inicial de desenvolvimento pode se tornar relevante.